Abner Scoppetta – Enfim Noronha

Tudo aconteceu de forma favorável para a tão sonhada trip a Fernando de Noronha acontecer.

O Dólar alto, e as promoções relâmpagos após noticiarem o primeiro ataque de tubarão na ilha, foram alguns desses fatores. Ao chegar em Noronha fiquei encantado com a beleza natural da ilha, paisagens paradisíacas, a cor da água cristalina, mas talvez o que mais me surpreendeu foi a qualidade das ondas e a constância, que graças ao fenômeno El Ninõ, pudemos surfar os 11 dias que ficamos na Ilha, sendo que no menor dia, as ondas estavam com série de até um metro e nos maiores chegaram facilmente aos dois metros, sempre com muitas rampas e tubos.

Em Noronha você nunca surfa sozinho, nos dias clássicos a presença dos surfistas locais é pontual, mas nada que impossibilite de pegar as boas, porém em muitos dias surfamos sem ninguém apenas com os “moradores locais”, conhecidos também como, tartarugas, arraias e tubarões, onde mesmo sabendo de toda preservação e do equilíbrio que existe em Fernando Noronha, causa um certo desconforto, para não falar medo.

Após o terceiro dia de trip já tínhamos a certeza do desejo de voltar, e a angústia de não termos embarcado antes á Fernando de Noronha…

Nessa Trip estavam presentes dois grandes amigos, Alex Detter, e Bruno Mazotti onde além de surfarmos altas ondas, ainda nos revezamos na produção das imagens, rango e direção do buggy.

  • Agradeço a Urla, GT Boards, Truzz, Snowfly e Workout pelo suporte e a Ride It! pelo espaço.

    Valeu até a próxima e aguardem em breve!
    Ps: As Imagens são frames do video  dessa trip alucinante!!! Em breve aqui no site da Ride It!

    Facebook: Abner Scopetta




There are no comments

Add yours

Deixe uma resposta