5

1º Meeting Amazônia de Bodyboarding

1º Meeting Amazônia de Bodyboarding une esporte e inclusão social

No último sábado, 8, Salinópolis recebeu o 1º Meeting Amazônia de Bodyboarding, organizando pela Amazônia Bodyboarding. O evento ocorreu a noite e reuniu praticantes da modalidade, demais esportistas, incentivadores e gente da comunidade.

Na programação, o bodyboarder potiguar Marcus Flavius falou sobre a dificuldade no esporte, o início da carreira e deu dicas para os iniciantes, muitos deles competidores que participam do Circuito Salinense. “É um momento de incentivar esses jovens e crianças e jovens que estão aqui, isso faz bem pra gente e para o esporte. Vou levar boa experiência para Natal (cidade)”, disse Marcus Flavius.

Além da palestra, a programação contou com exibição de vídeos de bodyboarding, atividades das crianças do projeto Curimã, apresentação musical e sorteio de pranchas e demais brindes. “Temos a preocupação de não apenas praticar o esporte que faz bem à nossa saúde, mas também com a formação dos cidadãos; das meninas e dos meninos que participam de nosso projeto social”, garantiu Luciano Calandrini, da Amazônia Bodyboarding.

Ainda na programação, a prancha inclusiva foi apresentada ao público. O bodyboard (prancha) que pode ser utilizada pelo instrutor e o iniciante, simultaneamente, será novidade no verão deste ano. No domingo, várias crianças e adultos tiveram a oportunidade de experimentar e deslizar nas ondas da praia do Atalaia.

Circuito – Após dois dias de competição foram conhecidos os vencedores da primeira etapa do Circuito Salinense de Bodyboarding, ocorrida na praia do Atalaia, em Salinópolis, nos dias 8 e 9 de junho. O evento foi organizado pela União de Bodyboarders de Salinópolis (UBBS) e contou com a participação de 27 atletas de Salinas, Mosqueiro e Belém, divididos nas categorias open Masculino, open feminino, máster, iniciante feminino e iniciante masculino.

A próxima etapa do circuito está programada para o período de 26 a 29 de setembro na praia do Maçarico – pico da Curva 360° e a terceira e última etapa de 2019, agendada para a praia do Farol Velho, entre 20 e 22 de dezembro, com a presença de Fábio Aquino, top mundial na modalidade e estrela de um programa do Canal Off.

Vencedores – Na categoria open masculino o campeão foi o atleta Lucas Ferreira, seguido por Flávio Sarmento. Já na open feminino a vencedora foi a atleta Cleide Curimã, tendo Brenda Lopes como vice-campeã. Flávio Sarmento e Alailson Monteiro, respectivamente, foram o campeão e vice na categoria máster. E, pela primeira vez, atletas mirins disputaram a categoria iniciante feminino, sagrando-se vencedora a bodyboarder Suelen Nascimento e Suzy Nascimento ficando em segundo lugar. Na iniciante masculino, Josias foi o campeão e Rodrigo Thiago ficou na segunda colocação. Um dos destaques da competição foi o bodyboarder Flavio Sarmento, campeão na máster e vice na open. Outro atleta que fez a diferença foi Lucas Ferreira, que, na fase final da categoria Open, conseguiu arrancar boas notas dos juízes por conta da execução da manobra conhecida como ARS, a união do el rollo com um 360º no ar. “Tivemos uma etapa competitiva, com boas ondas e revelações.

Vamos aguardar setembro, a próxima etapa”, disse Nazareno Santos, presidente da UBBS.

A etapa e Meeting Amazônia de Bodyboarding contaram com o patrocínio da Genesis e o apoio de Padang, Point do Surf, Aspas, Projeto Curimã, ADC Surf School, Base Comunicação, SCH Comunicação, Olga Leiria Fotografia, Nômades Hostel e Bodyboarding Pará. Texto – Sérgio Chêne Fotos – Olga Oleiria SCH Comunicação




There are 2 comments

Add yours
  1. luciano calandrini de azevedo

    um grande momento para o Esporte Paraense… além da preocupacão sócio-ambiental e a inclusão de pessoas com dificuldades no esporte…o surgimento de novos atletas foi muito gratificante.

  2. Maria Betânia Barreto

    Muito boa iniciativa cm essas crianças, projeto muito bonito… estão d parabéns todos que se preocupam com a causa, feliz por existir pessoas que fazem a diferença em meio a tanta violência, desumanidade, parabéns pelo projeto!!!


Deixe uma resposta