plcweb

Resultados do Mike Stewart Pipeline Invitational

plc-tapone-S

Pierre Louis Costes – Foto: Joshua Tabone/ APB Media

Em mais um dia clássico de Pipeline, com ondas tubulares perfeitas quebrando entre 6-10 pés (2m a 3m), Pierre dominou a final deixando todos os adversários em combinação. O francês teve ótimos momentos até chegar à decisão, mas o melhor estava por vir e foi justamente na final. Com notas 9,43 e 9,83, Pierre somou incríveis 19,26 pontos em 20,00 possíveis para sacramentar a conquista da etapa e, consequentemente, a liderança do ranking mundial.

“Estou bem cansado. Machuquei minha costela na primeira onda e o que estou sentindo é difícil de descrever. Mal posso acreditar que ganhei esse campeonato. Foi uma final bem apertada. Jacob e Jared fizeram boas ondas logo no começo e eu sabia que não conseguiria ganhar o campeonato com ondas intermediárias. Eu teria que ir mais longe. Ainda bem que algumas ondas apareceram para mim e eu consegui fazer as manobras certas. Estou feliz demais”, disse Pierre, campeão pela primeira vez em Pipeline.

Com um estilo muito afinado, o local Jacob Romero bem que tentou parar o francês, mas acabou na segunda posição. Com um ótimo repertório de manobras o havaiano somou 16,17 pontos (7,67 e 8,50 em suas duas melhores ondas) e acabou na segunda posição. Atual campeão mundial, o sul-africano Jared Houston chegou mais uma vez a final (quarta vez) em Pipeline e acabou em terceiro lugar. Lewy Fineggan, da Austrália, completou o pódio na quarta posição.

Sócrates debutando em Pipeline Photo: João Ricardo Images

Sócrates debutando em Pipeline Photo: João Ricardo Images

Sócrates Santana estreia em Pipe passando uma bateria:
Fechando a passagem brasileira por Pipeline, o atual campeão mundial Pro-Junior, Sócrates Santana mostrou que está trilhando o caminho certo. Em sua primeira competição oficial na desejada onda de Pipeline, o jovem atleta brilhou na estreia avançando para as quartas de final do evento. Seguro e com muita atitude, Doutorzinho botou para baixo e avançou em uma bateria que eliminou dois locais de grande respeito, os havaianos Trevor Kam e Kainoa McGee.

Na bateria seguinte, Sócrates foi mais uma vez para cima, mas a experiência dos adversários, especialmente em uma onda como a de Pipeline, falou mais alto. Sócrates acabou em quarto na bateria, vencida pelo havaiano Jacob Romero (vice-campeão da etapa), com o campeão mundial Amaury Laverhne em segundo, além do tricampeão mundial e local Jeff Hubbard em terceiro.

Guilherme Tâmega e Dudu Pedra param nas semifinais:
O Brasil foi muito bem representado na etapa de abertura do Circuito Mundial da APB. Hexacampeão mundial e com residência fixa no Havaí, Guilherme Tâmega mostrou que conhece muito bem a onda de Pipeline chegando as semifinais. O mesmo fez o big rider Dudu Pedra, local de Itacoatiara (uma das paradas do Circuito Mundial).

Guilherme começou o dia surfando muito bem. Logo na estreia o carioca somou 16,40 pontos (uma das maiores combinações de todo dia) para garantir uma vaga nas quartas de final. Buscando uma vaga na semi, Tâmega superou adversários duros, como o australiano Dave Winchester e o havaiano Keahi Parker. Na semifinal, Guilherme conseguiu uma primeira onda boa, mas acabou dando azar de não encontrar a segunda e foi eliminado, terminando a etapa na 7ª posição.

Dudu Pedra teve um dia parecido, mas precisou surfar uma bateria a mais para chegar a semi. Estreando na etapa, o carioca passou a primeira do dia, eliminando o compatriota Magno Oliveira. Na sequencia Dudu foi segundo na bateria das oitavas de final e nas quartas teve seu grande momento no dia vencendo um dos duelos mais fortes de toda etapa. Com 15,83 pontos, Pedra venceu na ocasião o campeão do evento, Pierre Louis Costes (2º na bateria), eliminando dois dos maiores nomes da atualidade, os australianos Ryan Hardy e Ben Player. Na semi, Dudu acabou não encontrando as ondas e terminou a etapa também em 7º.

plc wins pipe
Resultados do APB Mike Stewart Pipeline Invitational
Final: 1o Pierre Louis Costes (FRA) 19.26, 2o Jacob Romero (HAW) 16.17, 3o Jared Houston (SAF) 15.03,4o Lewy Finnegan (AUS) 12.10

Semifinals:
Heat 1: 1o Jared Houston (AFS) 16.20, 2o Lewy Finnegan (AUS) 13.60, 3o Dave Hubbard (HAW) 12.13, 4o Guilherme Tâmega (BRA) 9.30
Heat 2: 1o Pierre Louis Costes (FRA) 15.17,2o Jacob Romero (HAW) 14.83, 3o Amaury Laverhne (REU) 14.40 4o Dudu Pedra (BRA) 8.73

APB 2016 Mike Stewart Pipeline Invitational Quarter Finals:
Heat 1: 1o Guilherme Tâmega (BRA) 13.66,2o Lewy Finnegan (AUS) 12.97, 3o Dave Winchester (AUS) 10.90, 4o Keahi Parker (HAW) 8.84
Heat 2: 1o Jared Houston (AFS) 14.83,2o Dave Hubbard (HAW) 14.37,3o Garth MacGregor (AUS) 11.00,4o Lachlam Cramsie (AUS) 10.17
Heat 31o Dudu Pedra (BRA) 15.83, 2o Pierre Louis Costes (FRA) 15.37,3o Ryan Hardy (AUS) 14.10,4oBen Player (AUS) 12.73
Heat 4: 1o Jacob Romero (HAW) 13.66, 2o Amaury Laverhne (REU) 13.50,3o Jeff Hubbard (HAW) 12.83,4º Sócrates Santana (BRA) 4.63

APB 2016 Mike Stewart Pipeline Invitational Round 4:
Heat 1: 1o Lewy Finnegan (AUS) 16.17, 2o Lachlam Cramsie (AUS) 12.44,3o Maxime Castillo (FRA) 9.00,4o Julien Miramont (TAH) 4.43
Heat 2: 1o Dave Hubbard (HAW) 12.04,2o Keahi Parker (HAW) 10.17,3o  Peter Piho (HAW) 6.40,4o Iain Campbell (SAF) 0.00
Heat 3: 1o Guilherme Tãmega (BRA) 16.40,2o Garth MacGregor (AUS) 11.44,3o Sacha Damjanic (CHI) 8.50,4o Tanner McDaniel (HAW) 3.26
Heat 4: 1o Jared Houston (SAF) 17.16, 2o Dave Winchester (AUS) 14.60 3o Angelo Faraire (TAH) 14.43, 4o Charly Chapelet (REU) 11.16
Heat 5: 1o Pierre Louis Costes (FRA) 14.84,2o Sócrates Santana (BRA) 10.66,3o Kainoa McGee (HAW) 7.67,4o Trevor Kam (HAW) 5.16
Heat 6: 1oJeff Hubbard (HAW) 16.44 2o Ryan Hardy (AUS) 14.56 3o Diego Cabrera (CAR) 8.40 4oMichael Ostler (SAF) 7.57
Heat 7: 1o Ben Player (AUS) 14.77, 2o Amaury Lavehrne (REU) 13.83, 3o JB Hillen (HAW) 11.44, 4oRusty Friesen (USA) 8.07
Heat 8: 1oJacob Romero (HAW) 12.83,2o Dudu Pedra (BRA) 11.16,3o Spencer Skipper (HAW) 10.57,4o Matias Diaz (CHI) 10.40

APB Rating após o 2016 Mike Stewart Pipeline Invitational
1 – Pierre Louis-Costes (FRA) – 4000
2 – Jacob Romero (HAW) – 3200
3 – Jared Houston (SAF) – 2800
4 – Lewy Finnegan (AUS) – 2400
5 – Dave Hubbard (HAW) – 2000
5 – Amaury Lavernhe (REU) – 2000
7 – Guilherme Tâmega (BRA) – 1800
7 – Dudu Pedra (BRA) – 1800
9 – Jeff Hubbard (HAW) – 1600
9 – Ryan Hardy (AUS) – 1600
9 – Dave Winchester (AUS) – 1600
9 – Garth McGregor (AUS) – 1600

Informações para imprensa:
Danilo Caboclo




There are no comments

Add yours

Deixe uma resposta