@filipidelvalle – padang-6876

Entrevista com o fotografo de surf Filipi Del Valle

Espaço totalmente dedicado ao profissional que nos traz a essência do que conhecemos como FOTOGRAFIA. O fotógrafo vai ser apresentado para que conheçamos os responsáveis por mostrar os picos ao redor do mundo, os atletas e suas performances nada seriam sem um fotógrafo/videomaker, os detalhes artísticos que cada um vê desde sua perspectiva não seriam conhecidos apenas se não fosse pelo trabalho do FOTÓGRAFO.

Filipi Del Valle é um desses fotógrafos que tinha o talento escondido e agora com o passar do tempo, prioridades cumpridas e vontade de mostrar o que seus olhos veem por aí, decidiu congelar esses momentos á sua maneira, com seu estilo peculiar que vamos ter o prazer de conhecer agora.

Filipi Del Valle

Nome:

Filipi Del Valle Rosset

Idade:

33 anos de idade

Origem:

Natural de São Paulo – SP / Brasil.

Como começou sua ligação com o surf?

Minha ligação com o surf começou na infância, pegando jacaré no quintal de casa aqui em Caraguatatuba, passei pelo bodyboard até ganhar minha primeira prancha de surf com 15 anos de idade, daí para frente o surf se tornou um “vicio” e não parei mais.

Filipi, conta um pouco de onde veio seu interesse pela fotografia.

A fotografia veio do olhar, eu sempre gostei de reparar nos detalhes e quando fiz um curso de fotografia em São Paulo no ano de 2014 percebi que deveria mostrar ao mundo como eu o vejo.

@filipidelvalle miniwaves ponta aguda-3655

Mini waves – Ponta Aguda

E profissionalmente, como começou?

Comecei a fazer alguns trabalhos esporádicos, ensaio com amigas grávidas, festas de aniversário dos primos, filhos dos amigos, fotos de comida para cardápio de restaurante, essas coisas, mas na verdade eu queria mesmo era fotografar dentro d’água, foi então que conheci o Sidney Polansk e ele me incentivou pesado a investir na fotografia, me mostrou que era possível e disse que eu deveria me jogar!

Você reside no litoral de São Paulo, como é a vida de um fotógrafo de surf no Brasil?

Viver como fotógrafo de surf no Brasil… sinceramente, não sei responder essa, pois continuo fotografando todos aqueles outros trabalhos para me sustentar e manter meus equipamentos atualizados. Creio que fazer as trips e conhecer cada vez mais ondas perfeitas sejam parte deste caminho.

Conta um pouco como foi sua primeira trip para fora do Brasil, logo pra Indonésia, aquele paraíso de ondas.

Ah! Indonesia era um sonho que virou realidade! Tive a oportunidade de ir passar dois meses no paraíso e não pensei duas vezes. Meu amigo Sidney me convidou para fazer um “workshop da vida real” e eu me joguei. Foram dois meses de muito surf em PADANG, ULUWATU, BALANGAN, BINGUIM.

Bali é um lugar especial, aquela ilha é muito mística e cheia de religiosidade.

Tive a oportunidade de conhecer DESERT POINT – Lombok, WATU KARUNG – Java e algumas outras ondas em Nusa Lembongan.

@filipidelvalle - padang-6899

Padang Padang

Que estilo de fotografia te chama mais atenção?

Atualmente me dedico a fotografar de 50mm, registrar a sequência completa desde o drop!

Quem são suas referências na fotografia, no Brasil e no exterior?

Minhas referências de fotografia de surf no Brasil ….. Sebastian Rojas, Sidney Polansk, Pedro Tojal e Leo Neves. No exterior, admiro muito o trabalho do Clark Little e Zak Noyle.

Quais são as principais dificuldades que você encontrou para começar?

Creio que a principal dificuldade foi a grana, pois os equipamentos não são baratos, e algumas coisas se tornam inviáveis comprar no Brasil, O fato de eu já surfar, me ajudou a me manter mais tranquilo em determinadas situações dentro d’água, porém o preparo fisico e psicológico tem que estar em dia.

O que você tem feito para melhorar?

Tenho treinado constantemente, to na água sempre que tem onda e quando não tem, estou de alguma forma trabalhando com fotografia, seja editando meus arquivos, ou produzindo material de divulgação .

Um amigo me disse uma vez :

” se você trabalhar 8 horas por dia no que quer que seja, essa coisa vai prosperar, coloque sua energia nisso e vai fundo”

E é isso que estou fazendo, amo estar no mar, me sinto a vontade, para mim eh um prazer!

@filipidelvalle - padang-6876

Qual seu equipamento atual?

Atualmente eu fotografo com uma Canon 7D, lente 50mm 1.4, caixa estanque Liquid Eye.

Planos para o futuro

Planos para o futuro….. uma trip por ano no mínimo, continuar evoluindo até chegar no Hawaii.

Deixe um recado para os internautas da Ride It!

Galera, agradeço imensamente o espaço para falar um pouco da minha vivência com fotografia de surf, e acho que no fundo basta acreditar, se dedicar de verdade, focar naquilo que faz agente se sentir bem e produtivo. Se você sonha você pode realizar!

Para você seguir o que Filipi Del Valle vem fazendo com a sua câmera.

Filipi Del Valle – Facebook
Filipi Del Valle – Instagram

Confira um pouco mais do trabalho de Filipi Del Valle

Este slideshow necessita de JavaScript.




There are no comments

Add yours

Deixe uma resposta