aqw

Kevin e Isabela, reis do Bodyboard Europeu

Caparica Primavera Surf Fest – 2018

Kevin e Isabela foram reis do Bodyboard Europeu

mas o dia pertenceu ao jovem Miguel Ferreira

 

·      Brasileira Isabela Sousa dominou final feminina do Europeu de Bodyboard na primeira grande vitória na “fase portuguesa” da sua vida

·      Kevin Orihuela regressa às grandes competições com vitória no Europeu de Bodyboard da Caparica

·      Português Miguel Ferreira em grande destaque ao vence Projunior e a  assinar final da divisão Open

 

Kevin Orihuela e Isabela Sousa confirmaram o favoritismo e triunfaram na divisão open e feminina da primeira etapa do Circuito Europeu de Bodyboard (ETB), que terminou hoje durante o Caparica Primavera Surf Fest, o maior festival de ondas e música da Europa (decorre até 31 de Março nas praias do Dragão e Paraíso, na Costa da Caparica).

 

Mas se o canário Orihuela e a brasileira quatro vezes campeã do Mundo foram vencedores mais ou menos esperados — sobretudo depois de, na véspera, Isabela ter batido a portuguesa Joana Schenker e a outra finalista, Teresa Padilla, ter afastado a nazarena Teresa Almeida—, a agradável surpresa veio do jovem português de carcavelos, Miguel Ferreira, de 18 anos, que não só venceu o a competição projunior como ainda conquistou um sensacional segundo lugar na divisão Open, não tendo resistido, na final, a uma maior experiência competitiva de Orihuela.

 

“O resultado no projunior foi mais ou menos esperado, pois era a minha aposta, mas a final do open foi uma surpresa e fiquei muito feliz com este resultado. Agora espero manter o nível para o Nacional que arranca já a seguir”, afirmou Miguel Ferreira.

 

Por seu turno, Kevin Orihuela, um veterano do circuito europeu e mundial, regressou em grande nível ao ETB vencendo a primeira etapa de 2018 de forma absolutamente clara, tratando a final com Miguel ferreira como uma espécie de “pro forma” (venceu a final com 16.25 contra 11.00 do português num total possível de 20 pontos).

 

“Estive afastado alguns anos do circuito mas este ano, graças ao apoio dos meus patrocinadores, consegui estar aqui e vou fazer mais etapas dos circuito mundial e europeu. Esta vitória aqui em Portugal faz-me pensar que é possível sagrar-me campeão do circuito europeu e vou trabalhar para isso. Dou os meus parabéns à organização por este festival que está incrível!”, declarou Orihuela.

 

Finalmente, Isabela Sousa deu u primeiro passo importante para a conquista daquele que seria o seu primeiro título do circuito europeu.

 

“Este campeonato é uma boa analogia da minha nova vida em Portugal. Estou a viver aqui há alguns meses, tenho um treinador português e abracei o projecto do Estoril Praia. Daí esta vitória ser ainda mais saborosa pois sinto que é a minha primeira vitória na minha nova casa. Tenho a honra de ter representado o Brasil nos meus títulos e agora também sinto que represento um pouco Portugal”, explicou com emoção Isabela Sousa.

 

Nacional de Bodyboard arranca e candidatos não desarmam

 

Ainda mal tinha caído o pano no Europeu e já arrancava o Nacional de Bodyboard da Federação Portuguesa de Surf.

 

E, neste primeiro dia, os suspeitos do costume não facilitaram: nas senhoras, Joana Schenker e Teresa Almeida arrancaram para o que se adivinha mais um ano de rivalidade, enquanto na competição masculina, Daniel Fonseca, Manuel Centeno, Hugo Pinheiro e Dino Carmo confirmaram estatuto e seguiram em frente na competição.




There are no comments

Add yours

Deixe uma resposta