webcoverSIC

Mitch encontra a vitória no SIC16

Australianos em peso disputando um dos melhores mares do tradicional evento Shark Island Challenge e deu Mitch Rawlins na cabeça.

Com uma virada espetacular, Mitch sai de um tubo muito deep e a pra trás o mestre Jason Finlay que já estava com o troféu praticamente em suas mãos…  O evento foi um espetáculo e deixou brasileiros sem novela e europeus a varar a madrugada assistindo a boa transmissão online, com destaque para as cenas em super slow, que estava lá qualquer coisa de brutal! Espero que no Itacoatiara Pro tenham essa mesma qualidade de transmissão pois é mesmo um espetáculo para o público.

O formato interessante reuniu 24 super atletas em baterias de 6 titâs, expertos naquela onda, apostando corrida para emendar de alguma maneira insana as duas sessões da espinha dorsal do tubarão, saindo das entranhas cuspido por visceras e com sorte de se manter na onda, tentar uma manobra aérea, e garantir suficientes pontos pra avançar, em vez de pontos elo corpo.

Sem dúvida, deveriamos dar um troféu para cada um desses malucos, pois aquilo é um desafio pra poucos, tendo em conta que não havia sequer um brasileiro nessa prova, pois queria ver Uri Valadão ou um Magno Passos, Lucas Nogueira, Israel Salas, tops da APB ou mesmo Paulo Roberto, especialista em bancadas desse estilo, ou ainda Fabio Cunha e Jeff Oliveira, freesurfers locais do Shorebreak de Copa, Dudu Pedra, GC e um sem fim de nomes da seleção canarinho que dariam um toque apimentado e mais brilho ao evento.

Sem falar no ídolo mór, ET Guilherme Tâmega, que ainda é o maior detentor de títulos do SIC. Deve ter ficado se coçando todo assistindo ao evento online e não poder sair detrás das pilhas de pranchas GTboards que tem distribuído pelos 4 continentes. Trabalho que não pára, mas ele que se mexa para ir no próximo ano ou o MItch vai encontrar a maneira de tirar a hegemonia do brasileiro. Vamos GT!!!!

Peguei essa lista aqui no site da amiga Vert, que achei importante recordar…

Hall of fame

1997: Matt Percy (Austrália)

1998: Steve ‘Bullet’ Mackenzie (Austrália)

1999: Christian ‘Rissole’ Riguccini (Austrália)

2000: Mike Stewart (Havai)

2001: Damian King (Austrália)

2002: Guilherme Tâmega (Brasil)

2003: Guilherme Tâmega (Brasil)

2004: Guilherme Tâmega (Brasil)

2005: Não terminou.

2006: Ryan Hardy (Austrália)

2007: Ben Player (Austrália)

2008: Ben Player (Austrália)

2009: Ewan Donnachie (Austrália)

2010: Ryan Hardy (Austrália)

2011: Dave Winchester (Austrália)

2012: Mitch Rawlins (Australia)

2013: Josh Kaihe (Austrália)

2014: Andrew Lester (Austrália)

2015: Não se realizou por falta de condições. 

Abaixo resultados da prova

SVEN2349




There are no comments

Add yours

Deixe uma resposta