4

WatuKarung, a trip que vale a pena!

Meu nome é Filipi Del Valle sou fotografo de surf há 3 anos, resido atualmente em Caraguatatuba na praia de Capricórnio no litoral norte de São Paulo. Tenho me especializando em fotografias aquáticas.

Além das viagens no litoral norte de São Paulo, tenho algumas viagens para o Sul do Brasil. Mas um dia chega a hora que precisamos voar mais alto, fui logo desembarcar do outro lado do mundo em Bali, na Indonésia onde passei uns 2 meses entre Bali, Nusa, Lombok e Java.

Depois de uma longa semana sem ondas em Bali, fiquei sabendo de um swell que quebraria em Pacitan – Java, mais especificamente no vilarejo de Watu Karung, um lugar muito bonito e selvagem.

Decidi que deveria apostar minhas fichas e embarquei em um vôo doméstico para Yogyakarta, chegando lá encarei mais 3 horas de transfer até meu destino final. Ao descer do carro, já de noite, ouvindo o barulho do mar, eu podia sentir a atmosfera do pico… tubos e mais tubos!

Fiquei hospedado no Arrys Surf Camp, uma excelente opção para quem busca preço justo e vibe família.

Na manhã do dia 16/09 fui checar as condições e já tinha de 5 a 6 pés, meio passado por conta da maré.

Voltei duas horas depois e o cenário era outro!!!! A maré vazando e as “jararacas” vindo cada vez mais pesadas, um slab realmente muito difícil e raso. A direção do swell favorecia a esquerda e a galera foi pra água. Alguns surfistas se arriscavam encarar as bombas, mas o crowd era predominantemente de bodyboarders. Vi momentos da famosa direita de Watu Karung mas o que rendeu mesmo foi o canto esquerdo.

Vale a trip pessoal, o pico é alucinante e as ondas pesadas!

Fotógrafo: Filipi Del Valle  – @filipidelvalle
Rider: S/N (Quem reconhecer o rider, o identifique nos comentários abaixo!)




There are no comments

Add yours

Deixe uma resposta