Sobre Nós

rides1Foi nos idos de 1996 que eu (Elmo Ramos) e Henrique Castro começamos a RIDE IT!
Certo dia, há quase 20 anos atrás, estávamos lendo a extinta revista Style – na minha opinião, a melhor revista publicada no Brasil naquela época – quando ele exclamou: “Vamos fazer algo assim!”
E foi assim que começamos a desenvolver a idéia de trabalhar com a comunicação do esporte que tanto amamos, num momento em que o bodyboard brasileiro tinha os principais títulos mundiais, com Guilherme Tâmega e Claudia Ferrari dominando o primeiro circuito da Global Organization of Bodyboarders (GOB).
Pouco depois de recrutarmos a ajuda dos melhores fotógrafos do Brasil, como Rick Werneck e Nelson Veiga, e os conselhos de Billy Portinari, fundamos a publicação.
rides2
Na realidade só depois de começarmos a definir a estética da Ride It! (inicialmente como um jornal preto e branco com 24 páginas), é que nos demos conta do que estávamos prestes a criar: uma plataforma para capturar e definir a cultura do esporte, unificar a fragmentada audiência do bodyboard e interligar a comunidade marcas que nos apoiavam.
Era a oportunidade perfeita para criar uma indústria.
 rides
Só na primeira edição imprimimos 5 mil exemplares a um preço de 4 mil reais, distribuídos gratuitamente e tivemos uma aceitação fantástica. Quando demos por conta, já haviámos lançado 53 edições da RIDE IT!, crescendo de nível até virarmos revista totalmente colorida e vendida em bancas de todo Brasil.
Em 2000, vieram os primeiros prêmios, quando recebemos no Hawaii, dois troféus, um pela Melhor Cobertura Impressa e outro pela Melhor Cobertura Online.
capa-55
Em 2006 foi a transição obrigatória, devido á crise mundial, que afetou os orçamentos de nossos anunciantes e as redes sociais estavam em franca expansão, implantamos a revista no formato digital na internet.
Foi a maneira que encontramos na altura, de não pararmos de dar suporte ao esporte e manter nosso fiel público informado, com maior qualidade e a um custo que a indústria podia financiar.
Hoje comemoramos 20 anos de atividades ininterruptas, lançando um site moderno e interativo, ligado ás mídias sociais, além de produzir uma revista anual com 120 páginas, uma linha própria de vestuário e o mais novo projeto em andamento, o primeiro livro de fotos artísticas de Bodyboard (Ride It! BBook Art, 2016).