violao classica

Episódio 07 – 10 anos SoBBreviver!

No sétimo episódio da série começamos a desbravar o documentário. Porém antes de seguir viagem e visitar estado por estado, conversamos sobre a introdução que muitas vezes é o que chega a prender a atenção do público.

Mas no decorrer da conversa mudamos um pouco o rumo e a ideia segue mais para o lado da trilha sonora, parte de fundamental importância e destaque, que sempre gera muito interesse e comentários.

Entre os temas desse assunto contamos como surgiu a banda curitibana Real Coletivo Dub, responsável pela música tema do documentário. Aperte o play, confira e aproveite para nos acompanhar nas redes sociais e compartilhar sua opinião conosco pois ela é muito importante, valeu!

YOUTUBE – FACEBOOK – INSTAGRAM

Por David Pimentel (Resistência Filmes / Burn’s)

Sobre a vida… (About life…)
(Texto originalmente publicado em fevereiro 2006)

Sobreviver: Instinto básico de todo ser humano. Ou como diz o Aurélio: 1. Continuar a viver, a existir, após outras pessoas ou outras coisas. 2. Escapar, resistir; superar.

Quando saiu o trailer do filme, em meados de junho de 2005, muito se comentou a respeito do nome do documentário. Alguns pensaram que o nome SoBBreviver tinha uma carga negativa, por parecer falar de um esporte de campeões no Brasil como se fosse medíocre, fraco e triste.

Pelo contrário, quisemos estimular o público a usar a cabeça e desenvolver seu ponto de vista após assistir aos 11 minutos do trailer do SoBBreviver. Fomos irreverentes? Sim! Como não ser irreverentes ao se tratar do Bodyboarding em nosso país? Mas também fomos inteligentes, com a sacada de um nome que 9 entre 10 bodyboarders já conhecem e sabem do que estamos falando.

Chamamos atenção da maior mídia do esporte brasileiro, a SPORTV, canais 38 e 39 da Globosat, que nos entrevistou durante nossas filmagens em Noronha em pleno campeonato mundial de Surf e ficaram surpresos com a audácia de nosso projeto. Essa entrevista (clique aqui para conferir) foi repetida dezenas de vezes durante o ano e fomos convocados para mais duas entrevistas para falar mais do primeiro documentário da história do Bodyboarding Mundial.

Focamos o roteiro de forma tão original quanto o nome, combinando na edição primorosa de David Pimentel, da Resistência Filmes, a brasilidade e o suingue da música de nossa terra, com a cultura, turismo e costumes de cada região.

O ponto alto do documentário é o filme todo, mas você pode passear pelo litoral de nosso país continente escolhendo o estado de sua preferência, se for capaz de sair da frente da tv ou de parar de dançar e cantarolar a trilha sonora, que vai de Nação Zumbi, Cordel do Fogo Encantado, Ponto de Equilibrio, B. Negão entre outras bandas que se encaixaram como uma luva em cada seção.

A banda curitibana RCD – Real Coletivo Dub, compôs a música tema do filme e outras que estão espalhadas em trechos em que se destacam pela originalidade de suas letras.

– Nome, idade, quanto tempo pratica o esporte e o que é o Bodyboarding pra você? Foi com essas perguntas que abrimos nossas entrevistas e nos surpreendemos com os mais variados depoimentos. Cada resposta levava uma emoção, um desabafo, um apelo, uma paixão, um agradecimento, uma devoção quase que religiosa pela pranchinha.

Depoimentos cheios de vida, sotaques, olhares, trejeitos, risadas, inocência, coragem e respeito estão por toda parte, entre cenas de paisagens deslumbrantes, imagens subaquáticas, fauna, flora e toda natureza de nosso país continente. E é claro, muito bodyboarding com os melhores atletas do Brasil, conhecidos ou não, até então pela grande maioria, que mostram seu talento no seu local de origem.

Essa interação foi um dos motivos que nos fez viajar ao longo de mais de 15 mil kilômetros, de ônibus, barco e avião, com nossos próprios recursos. De que outra forma os bodyboarders do sul do país poderiam conhecer os bodyboarders do nordeste, por exemplo?

E como conhecer tantas praias e picos interessantes sem nem saber que eles existiam? Assista o documentário SoBBreviver e conheça tudo isso e mais um pouco. Tire suas próprias conclusões, prepare sua malas e viva!

Por: Elmo Ramos / Ride It!
Foto: Arquivo SoBBreviver




There are no comments

Add yours

Deixe uma resposta