capabf

Antofagasta Bodyboard Festival 2019

Antofagasta Bodyboard Festival coroa o Chile como a atual meca do esporte mundial.

Japão, EUA e Equador tornaram-se os países monarca do Antofagasta bodyboard Festival 2019


A atleta japonesa manteve o título do ano passado batendo a compatriota Sari Ohhara. Enquanto Morretino subiu ao pódio como o melhor de todos nas categorias Open Pro e DropKnee. E na categoria Júnior, o equatoriano Joericco Rosero foi o campeão.

Uma nova geracão comanda o Circuito Mundial da APB.


Ontem foi o último dia do Antofagasta bodyboard Festival, que começou com a semifinal da categoria DK. Nesta modalidade foram dois riders nacionais; Leonardo Alar de Iquique e o local Manuel Cepeda. O nativo da terra dos Campeões perdeu sua bateria para o havaiano Mack Crilley. E o representante da pérola do Norte foi eliminado por outro havaiano, Sammy Morretino.

Sammy Morretino mostrando porque é o atual Campeão Mundial da categoría DK


Morretino chegou até o último dia do Campeonato do mundo com boas performances, sempre exibindo seu alto nível e dominando ondas de três a quatro metros. Em duas finais foi presente o jovem atleta de 22 anos, o primeiro que competiu foi a modalidade Open Pro, onde ele bateu de frente com grandes manobras do atleta das Ilhas Canárias, Diego Cabrera.
Por outro lado, o rider havaiano estava presente na final da categoría DK. Nesta rodada, ele enfrentou seu amigo e companheiro Mack Crilley. Uma bateria apertada foi o que todos os participantes testemunharam na praia de Llacolen, mas Morretino trouxe para fora sua hierarquia inteira na onda “Cúpula do Poder” e transformou-se monarca de ABFChile 2019.

Ele prometeu e cumpriu! 1º lugar nas duas categorías, DK e Open Pro. Sammy moeu o ABF.


Quanto ao pódio Open pro, o primeiro local foi para Morretino, segundo lugar para Diego Cabrera, terceiro lugar para o brasileiro URI Valadão e quarto lugar para o Frenchman Maxime Castillo. E na modalidade DropKnee, o havaiano Morretino era o melhor, seguido no segundo lugar por Mac kCrilley, a terceira posição era para o antofagastino Manuel Cepeda e o quarto lugar para o iquequeño Leonardo Alar.

Ayaka Suzuki se encontra em um fase estupenda após sagrar-se Campeâ Mundial 2018.

Ayaka Suzuki: Bicampeâ do Antofagasta Bodyboard Festival
Assim como foi no ano passado, a atleta carismática novamente tomou o primeiro lugar da categoría feminina. Para revalidar o título, Ayaka Suzuki derrotou Joana Schenker em semis.
Na final, as japonesas se enfrentaram e sua amiga e compatriota Sari Ohhara, que eliminou em semis uma das favoritos do campeonato, a brasileira Isabela Souza. Quanto ao duelo japonês, Suzuki tornou-se um bi-campeã do evento, batendo sua amiga por uma diferença mínima de 1,35 pontos.
Assim, Ohhara ficou em segundo lugar, Isabela Souza em terceiro lugar e Joana Schenker na quarta posição.

Moises Silva foi um dos destaques da Pro Junior junto com seu irmão Rodrigo. Familia Bodyboard Chile!

Pro Junior Gold foi para o Equador
A final do mais jovem no circuito mundial, foi desenvolvida com quatro sul-americanos. Dois chilenos; Rodrigo e Moisés Silva, os trans-andinos Nahuel Benavides e o Ecuadorian Joericco Rosero.
O atleta da metade do mundo se tornou o melhor dos juniores, o segundo lugar foi para o ariqueño Rodrigo Silva, e o terceiro lugar foi para seu irmão Moisés Silva.
Depois de ganhar o título, o campeão Nobel da categoria pro Junier, Jericco Rosero, observou que “Espero que com este triunfo o bodyboard do Equador pode melhorar e mostrar de uma maneira melhor para o mundo”.
Quando o concurso do Festival de Bodyboard de Antofagasta terminou, houve uma festa real na praia de Llacolén. Bandas locais fizeram todos os presentes vibrar com boa música e fechou a festa o proeminente artista nacional Drefquila, que com sua armadilha feita para desfrutar de milhares de jovens no encerramento do ABF2019

Uri levou o Brasil ao pódium do evento mais cobicado do ano da APB.
Hermanos, Rodrigo e Moises Silva.

FETURIS
No último dia da feira internacional de empreendedorismo, turismo e inovação social (FETURIS), as crianças pertencentes ao projeto social “Camp of Ideas”, visitaram a cena do Festival de Bodyboard de Antofagasta (ABF) e compartilharam com atletas onde conheciam os detalhes da produção do evento internacional.

Além disso, a notável piloto porto-riquenho Luz Marie Grande, realizou uma exposição didática focada no esporte e no meio ambiente. “É um privilégio para mim ter a oportunidade de compartilhar minha experiência com os pequeninos, pois é nossa obrigação dar-lhes as ferramentas e o conhecimento para que eles possam realizar seus sonhos.”

Crédito fotógrafos: Cristián Rudolffi, Pablo Jiménez e Ricardo Jeria 

Texto: Felipe Briceño, Marcela velasquez, Comunicación ABF Chile. Traduzido por Elmo Ramos




There are no comments

Add yours

Deixe uma resposta