rtvpostwahine2

ArcelorMittal Wahine Bodyboarding Pro: arranca etapa do Circuito Mundial Feminino na Serra

Anúncios

Pela primeira vez o Espírito Santo recebe uma etapa do Circuito Mundial de Bodyboarding Feminino, o ArcelorMittal Wahine Bodyboarding Pro. E a cidade da Serra, mais precisamente a Praia de Jacaraípe, foi a escolhida para sediar o evento, que segue até este domingo (26), com a participação de atletas de países como Peru, Japão, Portugal, Chile e Espanha e, claro, Brasil. Uma das confirmadas é Neymara Carvalho, idealizadora do evento que vai destacar o empoderamento das mulheres, o lifestyle, a responsabilidade social, entre outros conceitos.

Competição na Praia de Jacaraípe, na Serra, segue até este domingo (26) e terá disputas das categorias Profissional, Pro Junior e Master. Neymara Carvalho (foto) é um dos destaques do evento – Créditos: IBC/Divulgação

Mais de 150 atletas de diversos países são aguardadas no Espírito Santo. Neymara Carvalho, recordista de títulos no circuito, decidiu criar uma etapa exclusiva para mulheres, por ainda mais reconhecimento e valorização para a categoria que trouxe inúmeros títulos mundiais para o Brasil. Nomes como Sara Ohara (Japão) e Isabela Sousa (Brasil) já estão confirmados.

“Poder tornar o ArcelorMittal Wahine Bodyboarding Pro uma etapa de circuito mundial é a realização de um sonho. Trabalhar em prol do esporte que me deu tudo na vida é uma forma de retribuir e incentivar as próximas gerações. O bodyboarding é um dos esportes que mais deu alegrias ao Brasil e grande parte veio das atletas mulheres. Sendo assim, nada mais justo do que termos uma etapa exclusiva para nós. Uma forma de enaltecer e incentivar atletas de todo mundo”, comenta Neymara Carvalho.

Atletas reunidas na coletiva de imprensa – Foto: Gabriel Lordello

Inclusive, esta etapa é marcada pelo ineditismo. Pela primeira vez na história do tour, teremos a participação da categoria Master concorrendo em uma disputa de etapa única, onde a vencedora da etapa receberá o título de Campeã Mundial 2022.

“Para mim é uma honra muito grande estar em uma etapa exclusiva para mulheres. Estamos em um momento de abertura da competição e é muito importante para comunicarmos o que a gente quer para o bodyboarding feminino. Esse evento tem muito potencial, tem tudo para ser o melhor evento do circuito. Eu acredito muito nessa projeto”, disse Isabela Sousa.

E uma importante iniciativa do evento aconteceu no último sábado (18), quando algumas atletas, lideradas por Neymara Carvalho, ministraram um aulão social bodyboarding para estudantes da rede pública de ensino da Serra, com o intuito de incentivar o desenvolvimento do esporte e proporcionar um intercâmbio cultural entre as atletas, alunos e população em geral.

A “lenda” do nosso esporte, mega rainha Mariana Nogueira deu o ar da graça e passa sua bateria em 1º lugar dando show!

A competição terá três categorias, com premiações de encher os olhos: Serão U$15.000,00 na categoria Profissional, U$10.000,00 para a categoria Master e U$5.000,00 para a Pro Junior.

Início de competição nesta terça-feira

O primeiro check-in do ArcelorMittal Wahine Bodyboarding Pro será nesta terça-feira, às 7h30, para as categorias Master e Open Feminino. Todos os resultados e chaves de bateria estão disponíveis no site oficial do evento, https://ibcworldtour.com/events/wahine-bodyboard-pro-2022/ ou aplicativo Stact. Além disso, a competição terá transmissão ao vivo através do mesmo link.

Neymara Carvalho, idealizadora do evento, e Luna Hardmann – Foto: Gabriel Lordello

Talentos revelados

É inegável que o Brasil é um dos principais representantes do bodyboarding feminino mundial e o Espírito Santo, um grande celeiro de grandes talentos, como a bicampeã brasileira Luna Hardman, que segue os passos da mãe Neymara Carvalho no esporte e a vice-campeã mundial Maylla Venturin, que inclusive é moradora da Serra, cidade que vai sediar a competição.

E foi em terras capixabas que aconteceu uma movimentação importante para a cena: a criação da Lei 10.916/19, de iniciativa do Governo do Estado, que iguala as premiações entre homens e mulheres em competições apoiadas pelo Estado, um marco histórico e uma referência a ser seguida.

Bateria PcD – Promovendo a inclusão

E pela primeira vez um campeonato deste porte terá uma bateria voltada apenas para atletas PCD (Pessoas com Deficiência). O ArcelorMittal Wahine Bodyboarding Pro terá quatro atletas nesta condição, entre elas a capixaba Érica Rodrigues, de 28 anos, que não tem o antebraço esquerdo e vai competir pela primeira vez. “Eu treino bodyboarding desde os 12 anos de idade, mas nunca competi. Sou louca pelo esporte e essa bateria é muito importante, pois não temos nem nas paraolimpíadas uma categoria para atletas do bodyboard”, diz.

Também vão disputar essa bateria as atletas Cintya Belly (PE), Tiana Dantas (PB) e Mariana Gesteira (ES), que é atleta de natação da Seleção Brasileira Paralímpica e, inclusive, fechou com chave de ouro a campanha brasileira no Mundial de Natação Paralímpica, disputado neste sábado (18), na Ilha da Madeira, em Portugal.

Essa bateria está marcada para o sábado, dia 26 de junho, das 8 às 16h e vai encerrar as competições do ArcelorMittal Wahine Bodyboarding Pro.

Sobre o ArcelorMittal Wahine Bodyboarding Pro

O projeto idealizado por Neymara surgiu em 2021. “Wahine”, que significa “mulher” na língua havaiana, evidencia o resgate da conexão com os povos indígenas das ilhas do Havaí e inspira o evento esportivo marcado para o mês de junho. Além disso, foi em águas havaianas um dos pódios mais emblemáticos de Neymara Carvalho. Ao sair da Barra do Jucú, ela consagrou seu nome no cenário do bodyboarding internacional sendo a campeã de uma das mais acirradas disputas do Mundial, na Praia de Pipeline, em 2006 e 2011.

O ArcelorMittal Wahine Bodyboarding Pro é uma realização do Instituto Neymara Carvalho e conta com o patrocínio do Governo do Estado do Espírito Santo e apresentação da ArcelorMittal.

Praia do Solemar, em Jacaraípe, Serra recebe histórico evento mundial.

 PROGRAMAÇÃO

Circuito Mundial ArcelorMittal Wahine Bodyboarding Pro – 2022

21/06 (terça-feira):

Competições do ArcelorMittal Wahine Bodyboarding Pro

Horário: das 8h às 16h

Local: Praia do Solemar, em Jacaraípe, Serra/ES

22/06 (quarta-feira):

Competições do ArcelorMittal Wahine Bodyboarding Pro

Horário: das 8h às 16h

Local: Praia do Solemar, em Jacaraípe, Serra/ES

 23/06 (quinta-feira):

Competições do ArcelorMittal Wahine Bodyboarding Pro

Horário: das 8h às 16h

Local: Praia do Solemar, em Jacaraípe, Serra/ES.

 

 24/06 (sexta-feira):

Competições do ArcelorMittal Wahine Bodyboarding Pro

Horário: das 8h às 16h

Local: Praia do Solemar, em Jacaraípe, Serra/ES

25/06 (sábado):

Encerramento das Competições do ArcelorMittal Wahine Bodyboarding Pro

– Bateria PCD

Horário: das 8h às 16h

Local: Praia do Solemar, em Jacaraípe, Serra/ES.

26/06 (domingo):

Premiação – (podendo mudar para sábado por causa da previsão de chuva)

Entrega das premiações do Circuito ArcelorMittal Wahine Bodyboarding Pro

Horário: das 8h às 12h

Local: Praia do Solemar, em Jacaraípe, Serra/ES.




There are no comments

Add yours