image2 (1)

Marcelo Freitas lidera Circuito Americano

Anúncios

1 – Desde quando você vive nos Estados Unidos e como começou a competir ai?

MF –  Cheguei na Califórnia em maio de 2017 e o primeiro campeonato que competi foi o nacional em Ocean Beach (San Diego) em 2019, no Brasil eu tinha dado um tempo de competir mas aqui acendeu de novo essa chama, nesta etapa tinham altas ondas e lembro que fiz uma semifinal alucinante com Dave Hubbard com varios highscores, mas na final terminei em 4 na etapa.

2 – Este ano de 2022 você teve uma atuação bem constante no circuito, conte como foi cada etapa.

MF – As etapas acontecem em só um dia, ou seja é uma correria e puxa bastante do atleta, a primeira parada foi em Oceanside e foi divertida, eu fiz uma longa viagem e me senti bem cansado na final, terminando em 3, Já a segunda etapa eu fui mais preparado por ser a etapa mais próxima da minha casa, em Santa Cruz, estava bem a vontade nas baterias e na final surfei pra ganhar mas tinha um havaiano iluminado ( Justin cadiente) que estava no seu dia, a outra etapa que competi foi o festival que acontece uma vez por ano em San Diego, esta etapa sempre aparecem atletas renomados do world tour, mas as ondas estavam bem pequenas e consegui tirar leite de pedra nas baterias e chegar às finais, que foi um desafio, terminei essa em 3, agora estou treinando para a última etapa que será dia 21 de janeiro em algures de San Diego.

3 – Quem são teus principais adversários no tour ?

MF – No ano de 2021 eu liderei todo o circuito mas na última etapa o Californiano Evan McMillan acabou levando a melhor e terminei como vice do circuito, este ano ele também está em segundo enquanto lidero, ele é o cara a ser batido por aqui mas tem muitos outros bons que por vezes são prejudicados por conta das condições do mar.

4 – Tem mais brasileiros competindo no circuito na tua categoria e em outras?

MF – Sim tem o capixaba Jean Baptistella que tem um surf polido e está sempre na pilha, é constante faz final em quase todas as etapas.

5 – Como é tua rotina de treinos atualmente? Conta com apoios para competir?

MF – Surfo quando posso, aqui eu tenho uma rotina de um cabra trabalhador e tenho tempo somente aos finais de semana ou quando está muito bom que dou um jeito de estar no lineup. Acabei de fechar com as pranchas GT que estão muito forte este ano, se você reparar a marca apoiou a maioria dos eventos em todo mundo e está com uma equipe gigante, pra mim é uma honra fazer parte desse esquadrão pra representar o legado que nosso herói deixou.

6 – Conte alguns casos curiosos e interessantes que você viveu aí, vamos, resenha mesmo jejeje

MF – Se eu contar você não acredita kkkkk, vamos deixar essa pra quando você me chamar para uma live 🤙🏻🤙🏻🤙🏻

 




There are no comments

Add yours